domingo, 15 de novembro de 2015

(15 de novembro) Major João Ferreira

Entre os conterrâneos, cuja memória perdurará através de muitas gerações lavrenses, ocupa lugar de primeira plana o nome do major João Ferreira de Aquino, o major Ferreira, como popularmente era conhecido.

Herdara ele de seu pai, o coronel Tomás de Aquino, todas as qualidades de caráter, que fizeram popularíssimo aquele antigo lavrense. Era bom, acessível, franco e generoso.

sábado, 14 de novembro de 2015

(14 de novembro) Doutor Rodolfo Libeck

Chegou-nos ontem de tarde a inopinada notícia de haver falecido no Rio de Janeiro, para onde seguira no dia 12 do corrente, o sr. dr. Rodolfo Gustavo Libeck, que desde muito pertencia à sociedade lavrense, na qual gozava de justo apreço e amizade.

O sr. dr. Rodolfo Libeck pertenceu durante algum tempo ao corpo docente do Ginásio de Lavras, onde lecionava Alemão e Matemáticas. Nomeado depois diretor do núcleo colonial Nova Europa, no Estado de São Paulo, para lá transferiu sua residência. Nesse seu importante cargo teve o dr. Libeck ocasião de mostrar suas aptidões de extraordinário administrador, deixando entre os membros daquela colônia, todos procedentes do Império da Rússia e por conseguinte seus compatriotas, uma gratidão e admiração várias vezes manifestada, mesmo depois de sua saída daquele lugar.

domingo, 1 de novembro de 2015

Visita ao Pró-Memória do Instituto Presbiteriano Gammon

Comemorando o mês do aniversário de Lavras, os alunos do grupo "Túnel do Tempo" do CEDET fizeram uma visita especial ao Pró-Memória do Instituto Presbiteriano Gammon, escola centenária que muito contribuiu para o progresso da cidade. Lá foram recepcionados por nossa voluntária de longa data, a professora Vanda Amâncio Bezerra Mendes, a memória viva daquela instituição. 

Dona Vandinha, como também é conhecida, contou como os missionários presbiterianos vieram para Lavras em 1892 para fundar uma nova escola, além de comentar casos curiosos de sua infância quando era aluna interna no Colégio Kemper. Os alunos ficaram fascinados com a simpatia da coordenadora do Pró-Memória, e ainda receberam de presente uma antologia de poemas e textos de ex-alunos gammonenses por ela editada.

Veja as fotos: